free website hit counter

O Código da Obesidade

Entender a verdadeira causa da obesidade é o primeiro passo para enfrentar esse problema. Neste vídeo, com Seiiti Arata do natugood, entenderemos porque as dietas baseadas na redução calórica nos dão resultados desejáveis. Por outro lado, entendemos a verdadeira origem do excesso de peso e como combatê-lo de forma eficaz.

Considerar que o excesso de peso e a obesidade derivam apenas de um desequilíbrio calórico, foi um erro que arrastamos por muitos anos. Isso fica claro quando percebemos que as dietas com baixo teor de gordura e baixas calorias não proporcionam um resultado favorável a longo prazo.

Para superar o excesso de peso, a chave é entender que esse problema tem origem num desequilíbrio hormonal, mediado principalmente pela insulina.

Quando o equilíbrio hormonal é quebrado e o processo natural de armazenamento de energia está fora de controle, doenças como diabetes tipo II e, é claro, obesidade começa a surgir.

Para gerenciar a obesidade e o excesso de peso, a solução não é apenas açúcar, gordura ou calorias. A solução está na insulina. Os resultados de muitos estudos são consistentes: altos níveis de insulina causam uma cascata hormonal que diz ao nosso corpo para ganhar peso.

Manter os níveis de insulina é o primeiro passo para ganhar na luta contra a obesidade. As dicas a seguir ajudarão você a equilibrar seus níveis de insulina e atingir um peso estável:

1. Reduzir o consumo de açúcares adicionados e grãos refinados
2. Consumo moderado de proteína
3. Aumentar o consumo de gorduras naturais
4. Implementar jejuns intermitentes

A solução não é “coma menos e se mova mais”, mas sim regularizar o problema de longo prazo que é a resistência à insulina. Assim, você pode levar uma vida mais saudável, perder peso, mantê-lo e afastar as doenças associadas ao excesso de peso.

Para saber mais sobre como essas dicas ajudarão você a perder peso e controlar seus níveis de insulina, recomendamos o seguinte material: arata.se/leptina

Canal oficial para contato (pedidos, dúvidas, sugestões, suporte): arata.se/contacto
Inscreva-se no YouTube: arata.se/ytspa
Facebook: arata.se/facebook
LinkedIn: arata.se/linkedin
Instagram: arata.se/instagram
Twitter: arata.se/twitter
Pinterest: arata.se/pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *